Thursday, January 04, 2007

03/01/2007 – Quarta-feira

Johil: Os dias de quartel voltaram, socorro!!!
Acordamos às 05:15h, tomamos café da manhã e saímos correndo para ir na academia.
Pagamos a inscrição e fizemos o teste inicial, pesamos, tiramos a pressão.
Gostei muito de lá, todos os aparelhos são super modernos, aparelhos que eu nunca vi na minha vida! O professor é bem atencioso...
O único problema era eu e o Johil mesmo, nós estamos super atrofiados!!!!!!! Hahahaha
Cada olhar nosso dentro da academia, em cada aparelho, refletia a nossa dor interna e desesperadora.
Olha, mas indico a todos fazerem um exercício, pois saímos de lá às 7:45h da manhã, muito bem dispostos e cheios de energia para o dia inteiro!
Johil: O teste de abdominal foi hilário, a Karina fez as 10 que o professor pediu sem os braços, quando eu fui fazer achei que a Karina nem sem esforçou tanto e fui com tudo, nem saí do chão, o professor falou que eu preciso melhorar as abdominais, biduzão!
Johil: O teste de elasticidade tinha uma escala de 5 a 50, nós conseguimos mendigar o 5 e foi sofrido....
Johil: O bacana é fazer esteira (o tapete aqui) olhando para o mar e o nascer do sol!
Johil: Aqui é obrigatório usar toalha nos aparelhos, achei higiênico, mas como nós não levamos, a academia emprestou para a gente e é claro, como o Murph não me larga, fui tirar a toalha do segundo aparelho e rasguei ela, ainda bem que ninguém viu, haha...
Fiquei até às 11h esperando a minha empregada chegar e nada, então liguei para o marido dela e este me falou que ela tinha levado seu filho no hospital. Pra mim foi o ponto final, pois desde que eu a contratei ela falta demais e quando a contratei para todo dia, comentei que isto não poderia mais se repetir e se fosse o caso, me avisasse.
Faz tempo que a Dona Helena, proprietária daqui, indicou uma pessoa de muita confiança dela e hoje eu acabei ligando e marcando com ela na sexta-feira.
À noite a Rosa apareceu aqui em casa, chorou muito e disse que não queria ser demitida, infelizmente, foi difícil, mas tive que dispensa-la, pois várias vezes tinha dado chances a ela e por mais que ela precise do emprego eu também preciso de alguém que venha trabalhar...
Depois de 30min eu e o Johil conseguimos que ela saísse de casa, pois ela se recusava a ir embora, foi duro...

2 Comments:

Blogger Helen Lopes said...

O fiquei com do da empregada, mas ta certa! beijos

5:34 PM  
Blogger Welcome to the Jungle said...

Pois é guria, dá dó, mas eu que estou fazendo a faxina enquanto ela falta hahahaha
Beijos, Ka.

7:44 AM  

Post a Comment

<< Home